fbpx

Blog

Relíquias de São Francisco Xavier serão expostas em Goa, Índia

O arcebispo de Goa e Damão, cardeal Filipe Neri Ferrão, anunciou que os restos mortais do missionário jesuíta, São Francisco Xavier, que chegou à costa oeste da Índia no século XVI, serão expostos entre 2024 e 2025.

Anna Poce – Cidade do Vaticano

O arcebispo da Arquidiocese de Goa e Damão, na Índia, Dom Filipe Neri Ferrão,  assinou um decreto especial com o qual anuncia, em seu site, a exposição das relíquias sagradas de São Francisco Xavier, um dos primeiros discípulos de Santo Inácio de Loyola.

O evento espiritual, conhecido pelo povo como “Gõycho Saib”, que sempre atrai milhões de pessoas de todas as partes do mundo, na antiga Goa, no sul da Índia, começará em 21 de novembro de 2024 e se concluirá em 5 de janeiro de 2025.

Exposição solene das relíquias de São Francisco Xavier

 

No decreto, lê-se que “segundo uma antiga tradição, realiza-se, a cada dez anos, nesta nossa Arquidiocese, uma ‘Exposição solene das sagradas relíquias de São Francisco Xavier’. O evento terá início a partir de quinta-feira, 21 de novembro de 2024, e se concluirá no domingo, 5 de janeiro de 2025”.

A data das celebrações, segundo um comunicado de imprensa, foi divulgada com dois anos de antecedência para que os peregrinos possam se organizar e participar do evento. Esta iniciativa espiritual, diz o cardeal Neri Ferrão, oferecerá aos fiéis a oportunidade de refletir sobre o “caminho de fé” de São Francisco Xavier e imitar seu zelo apostólico pelo Evangelho de Jesus Cristo. A exposição 2024-2025 deverá, portanto, representar “o ponto alto de um caminho espiritual de renovação e esperança, percorrido por cada pessoa, família, paróquia e toda a Igreja em Goa e Damão”.

“Os dois anos de preparação espiritual para a exposição – conclui o comunicado – consistirão em uma caminhada com os pobres e marginalizados, com pessoas de todas as religiões e culturas e em harmonia com a criação”.

Para acompanhar de perto o andamento da solene exposição, o cardeal Neri Ferrão nomeou uma Comissão especial, composta de leigos, religiosos e sacerdotes.

O Santo de Goa

 

O Santo de Goa, Francisco Xavier, pioneiro na difusão do cristianismo na Ásia, nasceu em 1506, em Navarra, Espanha, e morreu como missionário, em 1552, na ilha de Shangchuan, Jiangmen, na China. Após dois anos, seus restos mortais foram trasladados, intactos e íntegros, para Malaca e, depois, para Goa, onde ainda hoje é venerado na igreja Bom Jesus. Em 1619, o Papa Paulo V beatificou o missionário espanhol e, em 1622, Gregório XV o canonizou. Uma de suas relíquias – o antebraço direito – encontra-se em Roma, desde 1614, na Igreja de Gesù.

O corpo de São Francisco Xavier, preservado em uma urna, na Basílica do Bom Jesus, em Goa, é exposto a cada dez anos. Cerca de 4 milhões de pessoas visitaram suas relíquias na última exposição, que terminou em janeiro de 2015.

Fonte:https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2022-11/india-2024-exposicao-reliquias-sao-francisco-xavier.html

Share this post